visão das crianças

7 coisas sobre os olhos e a visão das crianças

Durante o período de desenvolvimento do corpo, estar atento à saúde ocular e ao grau de visão das crianças é fundamental. Isso porque é nesta fase que os principais distúrbios oftalmológicos surgem. Assim, quando identificados no início, as chances de cura são maiores.

Neste post, preparamos uma lista com os principais pontos de atenção na visão das crianças. Por isso, é de suma importância que você leia este texto até o final.

1 – O tabagismo pode prejudicar a visão das crianças

Isso porque o fumo pode fazer com que a gravidez seja de risco, provocando o parto prematuro. Então, crianças prematuras estão mais predispostas a sofrerem a perda permanente da visão ou até a cegueira.

Outra possibilidade é a meningite bacteriana, que também é mais frequente em gestantes fumantes. Esta patologia é uma das principais causas de perda de visão em crianças.

2 – É importante conhecer a evolução da visão dos bebês

Durante os primeiros meses de vida, a visão central do bebê ainda está em desenvolvimento. Assim, ele enxerga, mas as conexões entre retina e cérebro estão em fase de construção. A partir do terceiro mês de idade, ele desenvolve a capacidade de focar e seguir objetos.

Posteriormente, no quinto mês de vida, os bebês começam a enxergar em três dimensões, desenvolvendo a percepção de profundidade. Após os nove meses de idade, os olhos ganham a sua coloração final. Em posse deste conhecimento, é possível acompanhar esta evolução.

3 – Fique atento ao sarampo

Apesar de fazer parte do rol de vacinas obrigatórias, é sempre importante ficar atento aos surtos de sarampo. Isso porque é uma doença grave, sendo a principal causa de cegueira infantil no mundo.

4- Mantenha as crianças longe dos produtos de limpeza

Trata-se de uma recomendação importante, pois os produtos de limpeza podem causar graves queimaduras químicas que, consequentemente, provocam lesões permanentes nas estruturas oculares.

5 – Criar intervalos de tempo no uso de telas diminui o risco de erros de refração

Atualmente, não há criança que cresça sem o contato com celulares e outros eletrônicos. Porém, o uso prolongado destas telas pode favorecer a ocorrência de erros de refração, como a miopia e o cansaço visual digital.

Assim, para evitar isso, ensine ao seu filho a regra 20-20-20 que consiste em olhar para cima da tela a cada 20 minutos e ficar pelo menos a 20 pés (6 metros) de distância dos aparelhos por 20 segundos.

6 – Conheça os sinais de problemas na visão das crianças

Existem sintomas clássicos que indicam a presença de algum distúrbio na visão das crianças. Eles são percebidos na mudança de comportamento delas, como por exemplo:

  • perda rápida de interesse em atividades que exigem o uso contínuo da visão;
  • perda constante do local do texto onde estava lendo;
  • virar a cabeça para olhar algo que está em frente a ela.

Caso observe estes sinais, recomendamos a visita a um médico especializado em distúrbios da visão.

7 – A luz azul dos dispositivos eletrônicos não é prejudicial a visão

Apesar dos inúmeros boatos que cercam o assunto e de toda a polêmica envolvida, não existe comprovação científica de que a luz azul emitida por celulares, tablets e computadores seja prejudicial à visão.

Ainda, o que deve ser motivo de preocupação é o tempo de utilização destes dispositivos à noite, pois podem dificultar o sono. 

Gostou da nossa lista? Essas são apenas algumas das diversas recomendações e pontos de atenção que precisamos ter com a visão das crianças. 

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como oftalmologista em São Paulo!

Comentários

Posted by Dra. Erika Uchida