ardência

Ardência nos olhos, o que pode ser?

A ardência nos olhos é um sintoma bastante incômodo que pode estar relacionado a diversos problemas oculares. Desde uma redução na lubrificação natural dos olhos, até uma conjuntivite pode produzir esse desconforto.

Algumas vezes, a ardência desaparece rapidamente e logo tudo volta ao normal. Ainda assim, é preciso ficar atento a outros sintomas que aparecem em conjunto e marcar uma consulta com o oftalmologista o quanto antes, como forma de prevenção.

Descubra agora algumas situações que têm como sintoma a ardência nos olhos.

Muito tempo em frente ao computador ou televisão

O ato de piscar é a forma que os olhos têm de se manterem lubrificados. Quando se passa muito tempo em frente ao computador ou televisão, a tendência é piscar um pouco menos, pois ambas as atividades exigem mais atenção e uso da visão.

A ardência aparece como resultado de menor lubrificação. Uma indicação para resolver o problema é reduzir o tempo em frente à TV e computador, fazendo pequenos intervalos para ficar longe dos aparelhos. Outra opção são óculos de descanso, recomendados para quem sofre, também, de vista cansada.

Alergia

A alergia pode ser a causa da ardência nos olhos. O problema pode estar localizado nos próprios olhos ou ser consequência de uma reação alérgica respiratória, como a rinite. Nesse caso, o sintoma desaparece assim que algum remédio antialérgico for tomado.

Se a alergia estiver localizada nos olhos, pode ser devido à maquiagem ou a algum produto que deixou as pálpebras e o globo ocular sensíveis. A dermatite de contato, por exemplo, atinge as pálpebras, em alguns casos.

Conjuntivite

A conjuntivite é uma doença que tem como sintoma a ardência nos olhos. A diferença é que esse sinal não aparece sozinho; ele é acompanhado por vermelhidão, coceira, secreção e lacrimejamento.

Bactérias, vírus ou fungos são os causadores da conjuntivite. Será preciso fazer uma consulta médica para que um colírio adequado ao tratamento seja prescrito. Em alguns casos, é preciso afastamento das atividades rotineiras, como escola ou trabalho, pois a infecção pode ser contagiosa.

Distúrbios visuais

Qualquer problema de visão que exija maior esforço para enxergar adequadamente pode causar a ardência nos olhos. Ela será resultado desse esforço e do fato de piscar menos, com o intuito de focar melhor a visão.

O problema é resolvido assim que o distúrbio de visão é corrigido, com o uso de óculos ou lentes. Se há dificuldade para enxergar e os olhos ardem, vá ao oftalmologista o quanto antes.

Poluição ambiental

Quem vive em regiões ou cidades mais poluídas e com ar seco pode ser afetado pela ardência nos olhos com certa frequência. Nesse caso, mesmo que a lubrificação esteja adequada, é normal sentir esse ardor. Para ajudar a amenizar o problema é indicado pingar um colírio lubrificante ou de limpeza.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como oftalmologista em São Paulo!

Comentários

Posted by Dra. Erika Uchida