Glaucoma

Glaucoma: conheça os fatores de risco

A pressão ocular alta nem sempre causa o glaucoma, mas é um dos principais fatores de risco para a doença, assim como o histórico familiar, idade e origem étnica. Os seguintes fatores de risco, abaixo, foram associados ao desenvolvimento de um ou mais tipos de glaucoma.

Confira, a seguir.

Causas mais comuns para o glaucoma

Idade

A doença é mais comum após os 60 anos de idade.

Pressão ocular elevada

Pressão ocular interna maior que o normal. A maioria dos oftalmologistas define a faixa de pressão intraocular normal (PIO) entre 10 e 21 mm/Hg – milímetros de mercúrio, que é uma medida de pressão. A maioria das pessoas com glaucoma tem uma medida da PIO superior a 21 mm Hg.

Origem étnica

Pessoas de descendência negra africana, hispânicos e asiáticos têm um risco aumentado de desenvolver glaucoma e desenvolvê-lo mais cedo.

Histórico familiar

Ter casos próximos de glaucoma na família, como um irmão ou pai. O tipo mais recorrente da doença – o glaucoma primário de ângulo aberto – é mais comum em pessoas com histórico familiar.

Condições oculares, lesões ou cirurgias

Lesões oculares, como traumatismo contuso e lesões esportivas, ou histórico de múltiplas cirurgias oculares. O trauma contuso pode criar inflamação no olho ou alterar a anatomia do sistema de drenagem ocular, colocando o paciente em risco aumentado de desenvolvimento de glaucoma.

A inflamação ocorre com qualquer cirurgia ocular. Geralmente, ela é limitada e causa uma alteração mínima na anatomia do sistema de drenagem do olho. No entanto, em casos raros, pode ocorrer mais danos às estruturas de drenagem, colocando a pessoa em risco aumentado de glaucoma.

Hipermetropia

Pessoas com hipermetropia tendem a ter maior risco de glaucoma de ângulo estreito, também conhecido como glaucoma de ângulo fechado.

Uso prolongado de corticosteroides

Uso prolongado de corticosteroides, como colírios, pílulas, inaladores ou cremes.

Condições que afetam o fluxo sanguíneo

Enxaqueca, diabetes, pressão arterial baixa e hipertensão.

Outros fatores de risco para o glaucoma

Conheça outros fatores de risco para cada tipo de glaucoma e as diferentes maneiras de diminuir seu risco para possivelmente prevenir a doença.

Glaucoma de ângulo aberto

  • Pressão ocular alta;
  • História familiar de glaucoma;
  • 40 anos ou mais para afro-americanos ou 60 anos ou mais para a população em geral;
  • Córnea fina;
  • Miopia alta (miopia muito grave);
  • Diabetes;
  • Cirurgia ocular ou lesão ocular;
  • Pressão arterial alta;
  • Uso de corticosteroides (por exemplo, colírios, pílulas, inaladores e cremes).

Glaucoma de ângulo fechado

  • Idade: 40 anos ou mais;
  • História familiar de glaucoma;
  • Visão deficiente a curta distância (hipermetropia);
  • Lesão ou cirurgia ocular;
  • Etnia asiática.

Glaucoma de tensão normal

  • Doença cardiovascular;
  • História familiar de glaucoma;
  • Baixa pressão ocular;
  • Etnia japonesa.

Prevenção do glaucoma

A melhor forma de prevenir a doença é levando um estilo de vida saudável, que inclua exercícios regulares e uma dieta nutritiva para melhorar seu bem-estar físico e mental. Cuidar de sua saúde mental e emocional também é importante.

As sugestões para o bem-estar físico geral incluem:

  • manter o peso saudável;
  • manter a pressão arterial em um nível normal;
  • não fumar;
  • limitar a ingestão de cafeína a níveis moderados. Grandes quantidades de cafeína podem aumentar a pressão ocular;
  • fazer exercícios diariamente;
  • evitar a superexposição à luz solar, usando óculos escuros e chapéus quando estiver ao ar livre;
  • fazer exames oftalmológicos regulares;
  • se você é afrodescendente, usar colírios com receita médica pode reduzir pela metade o risco de contrair glaucoma.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como oftalmologista em São Paulo!

Comentários

Posted by Dra. Erika Uchida