miopia

O que é miopia e qual o tratamento?

A miopia é uma condição ocular muito comum, que afeta milhões de pessoas anualmente. Na verdade, estima-se que até 40% da população mundial apresenta tal disfunção. É um erro refratário no qual o indivíduo não consegue ver nitidamente objetos à distância, mas sem prejuízo de sua visão aproximada.

O problema surge com uma variedade de graus. A pessoa pode apresentar dificuldades extremas para ver qualquer coisa que não esteja a centímetros de seu rosto ou pode ter uma boa visão de objetos a até metros de distância.

Por que a miopia acontece?

A córnea e o cristalino são dois elementos essenciais para que o olho consiga focalizar as imagens que recebe e mandá-las para a retina, que as transformará em estímulos a serem compreendido pelo cérebro. A estrutura desses elementos deve ser homogênea e com uma curvatura adequada. Se não tiverem essas características, a refração da luz não acontece corretamente e os problemas de visão surgem. No caso dos míopes, a curvatura da córnea pode estar errada ou o próprio olho pode ser muito longo, o que é mais comum.

Pacientes que apresentam algum quadro do tipo podem ter uma evolução lenta ou rápida, especialmente durante a infância e adolescência. Essas são as épocas em que a condição mais piora, mas ela pode continuar evoluindo gradualmente ao longo da vida.

A principal causa é a hereditariedade, mas alguns estudos indicam que o estresse visual prolongado pode agravar a situação; ou seja, atividades que exigem esforço visual contínuo, como muita leitura ou uso excessivo de computadores.

Os sintomas são facilmente perceptíveis, uma vez que o principal deles é a visão de longe borrada. Crianças são as que mais podem ter dificuldade em identificar que são míopes, uma vez que a condição pode estar em desenvolvimento desde o nascimento – de maneira gradual sem que ela perceba. A maioria dos diagnósticos é realizado justamente na infância, entre os 8 e os 12 anos. É provável que a condição permaneça estática ou se agrave com o passar do tempo. Adultos que passam a ser míopes podem ter alguma outra doença associada, como diabetes ou catarata.

Outros sintomas além da visão turva distanciada incluem:

  • Dores de cabeça constantes;
  • Dificuldade para dirigir durante a noite;
  • Necessidade de apertar os olhos para enxergar.

Como tratar a miopia?

Para saber qual é o melhor tratamento, é preciso, primeiramente, diagnosticar o problema. Crianças devem fazer exames oftalmológicos após o nascimento e durante anos escolares. Adultos devem fazer exames com frequência, e se existir risco de alguma doença ocular hereditária, como o glaucoma, ou se perceberem dificuldades na vista, a frequência deve ser maior.

Depois de realizar alguns exames, como a oftalmoscopia e o exame refracional, o médico poderá prescrever lentes corretivas para miopia. Elas podem ser usadas em óculos ou como lentes de contato. Se recomendado pelo médico, é possível também realizar uma cirurgia refrativa, em casos específicos.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como oftalmologista em São Paulo!

Posted by Dra. Erika Uchida