remoção do globo ocular

O que acontece após a remoção do globo ocular?

A visão é um dos sentidos que mais impactam na qualidade de vida dos seres humanos. Por isso, quando sofremos com algum problema nessa região, costumamos sentir grande desconforto. Porém, existem situações sem outra solução senão a remoção do globo ocular.

Neste post, falaremos sobre as condições que exigem esse procedimento, o pós-operatório dessa cirurgia e sobre como é a vida do paciente após a intervenção.

Quando a remoção do globo ocular é indicada?

Por se tratar de uma região muito sensível e delicada, o globo ocular pode ser seriamente afetado por traumas ou lesões, fazendo necessária a sua remoção. A esse procedimento dá-se o nome de enucleação e é indicado quando a reconstrução do globo ocular não é possível.

Ainda, a perda total da visão acompanhada de fortes dores nos olhos e a formação de tumores oculares, também são motivos para a realização da cirurgia de remoção do globo ocular. A enucleação também pode ter fim estético, sendo realizada quando a cegueira afeta a autoestima do paciente.

Como é o pós-operatório?

O procedimento de remoção do globo ocular é complexo e muito agressivo, exigindo a adoção integral dos cuidados e das orientações médicas no pós-operatório. Por isso, o paciente precisa ter disciplina para evitar complicações e ter uma boa recuperação.

Uma das recomendações é pelo repouso absoluto nos primeiros dias após a enucleação. Da mesma forma, a prática de atividades físicas é vetada nos primeiros meses. O retorno ao trabalho e as atividades cotidianas é autorizado após trinta dias da realização da remoção.

Ademais, podem ser prescritos medicamentos para tratar possíveis inflamações ou infecções, como anti-inflamatórios e antibióticos. Em caso de dor, os analgésicos podem ser indicados. Outra proibição é o contato das mãos com a região operada, principalmente se coçar.

Outrossim, o paciente precisa adotar bons hábitos de higiene para evitar infecções. Caso haja sangramento, dor excessiva ou outro sintoma indevido, o profissional responsável pelo caso precisa ser avisado.

O que é a prótese ocular e quais são os tipos?

A remoção do globo ocular é um procedimento que afeta tanto a saúde do paciente quanto a sua autoestima. Neste sentido, a colocação da prótese ocular é indicada como instrumento de reabilitação física e estética;

Ainda, no caso da enucleação, as próteses são esferas que possuem a aparência de um olho e podem ser feitas em resina sintética ou porcelana. Geralmente, elas são fabricadas de acordo com a necessidade do paciente, pois consideram a dimensão, forma, volume dos seus olhos.

Ademais, é recomendável aguardar por até seis semanas após a remoção para o implante. As próteses oculares restauram a estética, previnem a deformação da pálpebra, protegem a cavidade anoftálmica, direcionam e evitam o acúmulo de fluido lacrimal.

Além do implante, o paciente precisa ter acompanhamento psicológico para conseguir lidar com possíveis traumas e os desafios que essa nova condição impõe. 

Enfim, após a remoção do globo ocular, a qualidade de vida do paciente é muito impactada. Neste sentido, a colocação da prótese traz um alívio para esse momento difícil, além de trazer benefícios para a saúde.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como oftalmologista em São Paulo!

Comentários

Posted by Dra. Erika Uchida