Mitos e verdades sobre óculos escuros

Além de um acessório estético e versátil, os óculos escuros podem ser de grande auxílio na proteção dos olhos. Com uma grande variedade de armações e lentes, a maioria dos óculos protege a sua visão da ação dos raios ultravioletas.

Em razão da falta de informação disponível e de qualidade, muitos mitos circulam na internet sobre o uso e efeitos desse objeto. Com o objetivo de acabar com essas fake news, preparei para você este conteúdo com todas as verdades sobre o assunto.

Fatos e mentiras sobre os óculos escuros

Não preciso usar óculos de sol

Este é o mito mais comum. O uso dos óculos de sol é a melhor forma de se defender da ação dos raios UVA e UVB. Os óculos de melhor qualidade oferecem proteção de 99% até 100%. A ação recorrente desses raios pode causar a queima da camada exterior dos olhos e, consequentemente, provocar cataratas, tumores benignos e o envelhecimento precoce da pele.

Só se usa óculos escuros em dias de sol

Outro grande mito, muito mais associado à questão estética. Independente da presença perceptível do sol ou dos dias de verão, os raios solares continuam penetrando na atmosfera da Terra e agindo sobre nós. Assim, a recomendação é para que o uso dos óculos escuros seja frequente, tanto em dias nublados como ensolarados.

Usar frequentemente os óculos de sol pode viciar

Mito. O hábito de usar os óculos frequentemente acontece em razão do descanso para os olhos, que as lentes escuras proporcionam. Esse descanso traz conforto para o usuário e, por isso, há o desejo constante de permanecer com eles. Contudo, não é um vício ou algo prejudicial à saúde.

Apenas as lentes de cor preta protegem os olhos

Este é um mito clássico, porém, sem fundamento. A proteção que os óculos oferecem está associada ao filtro ultravioleta, que é aplicado tanto nas lentes escuras, quanto nas claras e até nas incolores. A influência da cor das lentes está apenas no conforto visual que oferece, a redução do brilho e do reflexo.

Todos os óculos são iguais

Um mito que pode ser confirmado apenas ao analisar a discrepância de valores entre os óculos vendidos por comerciantes de rua e aqueles oferecidos em óticas de qualidade reconhecida. Apesar disso, para se ter uma melhor noção de cada recurso que uma lente oferece, basta ler as informações descritas nas embalagens ou manuais. Ao comprar os óculos, prefira aqueles que ofereçam proteção de 99% a 100% dos raios UVA/UVB. O seu oftalmologista é a pessoa mais indicada para recomendar o melhor tipo de lente para você.

O material de fabricação das lentes influencia no nível de proteção que oferecem

Enfim, uma verdade. Cada tipo de material tem características específicas, que influenciam o nível de proteção que oferecem. 

  • Lentes polarizadas bloqueiam os raios UV, reduzem a intensidade da luz e eliminam o ofuscamento visual provocado pela reflexão da luz;
  • Lentes de policarbonato plástico são indicadas para pessoas que praticam esportes, pois são resistentes e leves. Possuem pigmentos sensíveis à luz, que escurecem as lentes de acordo com o grau de exposição a intensidade luminosa.

Pronto, agora você não será mais enganado pelas informações falsas que compartilham na internet sobre o uso dos óculos escuros. 
Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como oftalmologista em São Paulo!

Comentários

Posted by Dra. Erika Uchida