óculos de sol falsificados

Perigo do Uso de Óculos de Sol Falsificados

Segundo levantamento da Associação Brasileira da Indústria Óptica, são produzidos no Brasil cerca de sete milhões de óculos de sol falsificados por ano. No entanto, o barato pode sair muito caro para a saúde ocular.

Neste post, falaremos mais sobre os perigos em utilizar esses produtos e porque você deve evitá-los.

Entenda o perigo de utilizar óculos de sol falsificados

Diferente do que muitos imaginam, o óculos de sol não é um item que traz benefícios apenas estéticos. Mais importante do que o toque especial que dá em nossa aparência, esse acessório oferece uma proteção essencial para nossos olhos.

Quando utilizamos óculos escuros, a pupila aumenta de tamanho e se esforça mais para absorver a luz. Por isso, a importância do acessório possuir proteção contra os raios ultravioletas.

Caso contrário, com a pupila dilatada e a falta de proteção dos óculos de sol falsificados, os raios solares penetram com mais intensidade na pupila, provocando graves danos no cristalino e na retina e ocasionando doenças.

Por isso, é comum que a utilização desses itens falsos provoque fortes dores de cabeça, cansaço e desconforto na visão. Assim, é necessário avaliar a aquisição desses produtos e desconsiderar o seu uso, mesmo em locais com muita luminosidade.

Doenças oculares

A utilização prolongada dos óculos de sol falsificados pode trazer um grande comprometimento da saúde ocular. Entre as principais doenças que pode provocar estão a queimadura da retina, pterígio, tumores de pálpebra e de conjuntiva, catarata e degeneração macular relacionada à idade (DMRI).

Caso já exista uma lesão de pele na pálpebra, a exposição dela ao sol pode acelerar o desenvolvimento de um câncer de pele. Como você pode perceber, o uso de acessórios falsificados pode trazer grande prejuízo a sua saúde.

Inflamação da córnea

Assim como as doenças oculares, os óculos de sol falsificados podem levar a uma séria inflamação da córnea, chamada de ceratite actínica. Essa condição costuma afetar pessoas que se expõem demasiadamente ao sol sem qualquer tipo de proteção.

Ainda, com a repetição desse comportamento, tendem a sentir dificuldade para enxergar, ressecamento, sensação de areia, vermelhidão e dor nos olhos. 

Como escolher um óculos de sol?

Além da beleza da armação e do formato das lentes, ao escolher um óculos de sol você deve buscar pelo acessório que ofereça proteção contra os raios UVA e UVB. Geralmente, todas as lentes de produtos originais são testadas e oferecem uma boa resistência aos raios solares.

Ainda, uma boa forma de não errar na escolha de um óculos é conversando com seu oftalmologista e pedindo indicação sobre o tipo mais adequado para você. Ademais, ao adquirir o seu opte por marcas conhecidas e solicite o certificado de proteção do seu produto.

Obviamente, os óculos originais e de qualidade possuem um custo maior do que os óculos de sol falsificados. Porém, não há comparação entre os benefícios promovidos por eles. Afinal, estamos falando de um item que irá proteger a saúde dos seus olhos.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como oftalmologista em São Paulo!

Comentários

Posted by Dra. Erika Uchida