Plástica ocular

Plástica ocular: saiba quais são os cuidados no pós-operatório

A plástica ocular é um ramo da oftalmologia que trata, principalmente, alterações nas pálpebras, cílios e supercílios, bem como vias lacrimais e órbita. Essas são estruturas que sustentam e protegem o globo ocular. Portanto, quando sofrem alterações, podem interferir diretamente na saúde ocular e na qualidade de vida.

A plástica ocular tem como objetivo o restabelecimento do contorno palpebral, a melhora da expressão do olhar e a aparência. Além de ser corretiva, propõe-se a reparar alterações de causas genéticas, originadas por traumas, inflamações ou pelo próprio envelhecimento.

O procedimento é realizado por pequenas incisões feitas ao longo das pregas naturais da pele (sulco ou dobra) da pálpebra superior e/ou logo abaixo dos cílios, na pálpebra inferior. Dessa forma, resultam-se marcas imperceptíveis ou até mesmo invisíveis após completamente cicatrizadas.

Principais cuidados

Os exames pré-operatórios são realizados antes de qualquer cirurgia e variam de acordo com o tipo de procedimento e com quadro clínico de cada pessoa. Dessa forma, é muito importante levar todos os exames no dia da cirurgia.

É imprescindível que seja informado ao médico sobre qualquer doença pré-existente, alergias e o uso regular de medicações ou outras substâncias. Os medicamentos de uso contínuo devem ser tomados normalmente, principalmente os referentes a pressão arterial e ao coração. A exceção são os hipoglicemiantes (remédio para diabetes) e insulina, que não devem ser administrados.

Medicações anticoagulantes deverão ser suspensas dez dias antes e uma semana após a cirurgia, com o consentimento do médico clínico ou cardiologista. Medicamentos anti-inflamatórios também devem ser suspensos por, pelo menos, uma semana antes do procedimento.

Nas duas semanas anteriores à cirurgia, deve-se evitar exposição solar. No dia do procedimento, é recomendado o uso de óculos escuros. Deve-se manter total jejum, conforme orientação do profissional que realizará o procedimento.

Para o procedimento, devem ser usadas roupas folgadas e confortáveis, que sejam fáceis de retirar e evitadas as que necessitam ser removidas pela cabeça. Não se devem utilizar roupas íntimas de lycra e que contenham algum metal. Não devem ser usados sapatos com salto.

Antes da cirurgia plástica ocular, devem ser retiradas as lentes de contato, joias, anéis, aliança, brincos, pulseiras, correntes, maquiagem, batom e o esmalte das unhas. Além disso, a região dos olhos e sobrancelhas deve ser bem lavada. Também é importante que o indivíduo  evite fumar, ao menos, dois dias antes da cirurgia. O cigarro interfere na boa oxigenação dos tecidos e atrapalha a cicatrização.

No dia do procedimento, é recomendável  chegar com antecedência, para haver tempo suficiente para a admissão no hospital e cuidados de enfermagem. É recomendável que uma pessoa da confiança acompanhe o procedimento, uma vez que a alta imediata e a pessoa não poderá voltar dirigindo.

Em casos de gripe, resfriado ou outras indisposições que eventualmente ocorram até a véspera da cirurgia, o médico deverá ser avisado, pois o procedimento poderá ser adiado.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como oftalmologista em São Paulo!

Comentários

Posted by Dra. Erika Uchida