Pressão ocular

Pressão ocular: por que você deveria se preocupar com a sua



A pressão ocular, ou intraocular, merece atenção pois sua alteração pode querer dizer algum problema no olhos. Quando a pressão ocular está alta, ela pode causar a morte das células sensoriais dos olhos, doença conhecida como glaucoma.

A alta pressão no interior dos olhos acontece quando não há uma correta drenagem de um líquido chamado humor aquoso. este líquido circula dentro dos nossos olhos. Ele é produzido e eliminado nas câmaras anterior (entre a córnea e a íris) e posterior (entre a íris e o cristalino).

O humor aquoso é formado por água e sais. Ele nutre a nossa córnea e ajuda a manter a temperatura interna do olho. Quando esse líquido ele não circula direito e acumula dentro do olho, há um aumento na pressão intraocular, podendo com o tempo, prejudicar a visão e causar cegueira.

Por isso, no post de hoje, vamos falar sobre a importância de se ficar atento à pressão ocular. Não deixe de acompanhar!

Como identificar o problema

A pressão ocular elevada nem sempre apresenta sintomas. Muitas vezes, é só no exame oftalmológico que verificamos o problema.

No entanto, alguns sinais podem indiciar que há uma tensão dentro do olho. São eles:

  • Visão turva e embaçada;
  • Dor intensa nos olhos;
  • Redução da visão periférica;
  • Dor de cabeça;
  • Vermelhidão nos olhos;
  • Dificuldades para enxergar;
  • Aumento de tamanho das pupilas.

Importante ressaltar que, como muitas vezes o aumento da pressão dentro dos olhos não provoca sintomas, é fundamental consultar regularmente o seu oftalmologista para a realização de exames de rotina.

O que pode elevar a pressão intraocular

A elevação da pressão intraocular acontece quando o humor aquoso se acumula dentro do olho. As principais causas para que isso aconteça são:

  • Produção de humor em excesso;
  • Histórico familiar de glaucoma;
  • Obstrução do sistema de drenagem do olho;
  • Uso prolongado de medicação Prednisona ou Dexametasona;
  • Trauma no olho ocasionado por pancadas, sangramento, tumor ocular ou inflamação;
  • Realização de cirurgia nos olhos, como, por exemplo, o procedimento cirúrgico para catarata.

Riscos da pressão elevada na vista

O problema da pressão alta nos olhos, característica tanto do glaucoma quanto da esclerite, é que ela pode causar danos no nervo óptico, comprometendo assim a visão.

Infelizmente, esse problema pode acontecer com adultos e crianças. E, embora não haja cura, é possível controlar a pressão intraocular com o uso de colírios e remédios.

Em alguns casos, pode ser necessário o tratamento com laser ou cirurgia. No entanto, manter hábitos saudáveis, evitar o estresse e evitar o consumo de álcool pode ajudar no controle da doença.

Se há casos de glaucoma na família, é de extrema importância que o paciente realize exames oftalmológicos frequentes. O aumento da pressão ocular pode ser silencioso, como já falamos antes. Por isso, o monitoramento da saúde dos olhos deve ser feito regularmente.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como oftalmologista em São Paulo!



Comentários

Posted by Dra. Erika Uchida