Seja para tratar ou corrigir problemas de visão, ou apenas por questões estéticas, as lentes de contato fazem parte da vida de milhões de brasileiros.

Apesar de muito populares e seguras, esses acessórios também podem causar sérios problemas aos olhos. Além disso, há uma infinidade de erros cometidos pelos usuários que representam riscos.

Neste artigo, você vai conhecer algumas das dúvidas mais frequentes sobre o uso de lentes e como fazer tudo certo para evitar problemas. Confira!

Qualquer pessoa pode usar lentes?

Geralmente, sim. Quase não existem contraindicações, entretanto, há algumas restrições — úlceras e lesões na córnea, por exemplo. Ou a pessoa trabalhar em locais onde há muita poeira.

Lentes coloridas podem fazer mal?

Qualquer tipo de lente de contato somente deve ser usada após uma consulta com o oftalmologista. Se nada for constatado pelo especialista, a pessoa poderá usar as lentes coloridas sem nenhum problema.

As lentes podem causar problemas?

Esses acessórios são uma opção aos óculos tradicionais, sendo seguros e eficientes para a correção dos problemas de vista. Por outro lado, a maioria dos obstáculos que surgem com o uso da lente tem mais a ver com a forma incorreta com que são usadas do que com o produto especificamente.

Se a pessoa não seguir adequadamente as orientações de uso dadas pelo oftalmologista pode ficar sujeita a algumas complicações, como conjuntivite, irritação e até lesão na córnea. Lembrando que esses problemas podem interferir significativamente na qualidade da visão.

Existe idade mínima?

Não há nenhuma observação sobre a idade mínima para o uso de lentes de contato. Boa parte das pessoas já começam a fazer uso delas ainda na adolescência. Na realidade, o que define se a pessoa pode ou não usar lentes é se ela é responsável e cuidadosa.

A receita médica é necessária?

Sim. Precisamos considerar que cada olho tem uma forma e tamanho, além disso, há as necessidades específicas daquela pessoa. Sendo assim, apenas o oftalmologista está capacitado para avaliar cuidadosamente o quadro do individuo e definir o melhor modelo de lente para ele.

A receita de lentes é igual a receita de óculos?

Não. A prescrição de uma receita para lentes de contato tem suas próprias características, afinal, estamos falando sobre dois acessórios distintos.

Por exemplo, para as lentes é preciso verificar o diâmetro dos olhos e a curva de base, que é usada para adaptar a curvatura da lente ao olho do usuário.

Dicas para o uso de lentes

Quem usa lentes de contato deve prestar atenção a alguns cuidados básicos para garantir seu conforto e prevenir problemas:

Por fim, além de tomar os devidos cuidados com as lentes de contato, é importante que o oftalmologista seja visitado regularmente, pois isso ajuda a evitar que qualquer problema possa prejudicar o usuário.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como oftalmologista em São Paulo!