Existem inúmeros músculos em nosso rosto, sendo eles os responsáveis por nossas expressões e pelos movimentos que fazemos. Porém, quando há um diagnóstico de paralisia facial, todas estas reações podem ser prejudicadas.

Você sabe o que é essa condição? Conhece as sequelas que ela pode deixar? Caso queira saber a resposta destas perguntas, continue a leitura deste post.

O que é a paralisia facial?

Trata-se de um tipo de fraqueza que acomete os músculos da face, provocando diversos efeitos no rosto. Por isso, é considerado um problema de saúde com grande impacto social, pois afeta diretamente a qualidade de vida do indivíduo.

Como é causada?

A paralisia facial ocorre em função de uma reação inflamatória do nervo facial, fazendo com que fique inchado e comprimido dentro de um canal ósseo localizado atrás da orelha. Dessa forma, os impulsos nervosos não são distribuídos para os músculos da face.

Embora existam vários estudos que buscam conhecer a causa dessa paralisia, até o momento ela não foi descoberta. Porém, acredita-se que exista uma relação com patologias causadas por vírus e bactérias, como por exemplo:

Além disso, alguns fatores podem contribuir para o quadro, tais como, estresse, fadiga extrema, variações bruscas de temperatura, baixa imunidade, tumores, traumas, distúrbios na glândula parótida e otite.

Quais são os sintomas?

O sintoma mais evidente é a paralisia dos órgãos da face, fazendo com que o indivíduo não tenha expressões faciais ou consiga realizar movimentos simples, como piscar e bocejar. Também pode ocorre dor atrás da orelha, dormência e sensação de peso na face.

Um outro problema que pode surgir é a ampliação da margem palpebral, fazendo com que os olhos permaneçam abertos.

Quais efeitos a paralisia pode causar nos olhos?

Uma das principais preocupações no caso da paralisia facial é com a saúde dos olhos. Isso porque eles são a parte mais afetada pela doença, pois ficam permanentemente abertos, causando o seu ressecamento.

Em consequência disso, ocorrem diversos problemas na região. Os efeitos oculares mais comuns são:

Esses são os principais efeitos oculares provocados pela paralisia facial. Porém, a maioria deles só ocorre quando o quadro se agrava pela demora ou ausência no tratamento da doença.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como oftalmologista em São Paulo!